Primeiro, considere o que é a disfunção erétil ou impotência sexual

Primeiro, considere o que é a disfunção erétil (ou, como foi chamado anteriormente, a impotência) e por que ela se desenvolve. Um indicador da disfunção erétil é a incapacidade de manter ou mesmo a ocorrência de uma ereção, com o resultado de que a relação sexual se torna impossível.

A qualidade da ereção nos homens não depende do fator idade. A saúde geral (hormônios, coração e vasos sanguíneos, etc.) depende da idade e, por sua vez, a qualidade da ereção depende disso. Portanto, você pode ouvir uma variedade de histórias sobre homens que dão à luz crianças entre 80 e 90 anos. Isto não é um milagre, mas um bom estado de saúde, juntamente com o desejo de desfrutar. Por que a função erétil falha? Existem dois tipos de motivos para isso: psicológico e orgânico.

Existem muitas causas físicas, temporária ou crônica, a impotência, que pode variar desde o facilmente evitáveis ou curáveis, a muito grave causa, que não pode ser curada sem radical, invasivo de medidas, tais como cirurgias. Se uma pessoa com impotência sexual tem seu causador físico ou emocional, existem muitos casos em que as mudanças de estilo de vida podem reduzir a sua luta com o ED. Ele muitas vezes tem um efeito negativo na vida sexual, e podem causar mais estresse, depressão e baixa auto-estima. Impotência ou, o que é também conhecida como disfunção erétil, é uma condição que faz com que um homem seja incapaz de alcançar uma ereção durante a atividade sexual tenha lugar. Impotência masculina, por vezes referido como disfunção erétil, é definida como a incapacidade do pênis ficar ereto o tempo suficiente para ter relações sexuais.

Como alguém pode, independentemente (mas aproximadamente, é claro) determinar qual é a causa da impotência: fator psicológico ou distúrbios orgânicos? Se a ereção é instável (o membro não mantém a dureza durante a relação sexual), com um alto grau de probabilidade pode-se falar de distúrbios orgânicos. Mas se uma ereção desaparecer completamente, é, curiosamente, um bom sinal. “Não vale a pena” – esta descrição do problema pode ser um indicador de problemas psicológicos se a ereção espontânea da manhã ou da noite persistir. No entanto, deve ser lembrado que nem todos os problemas psicológicos que uma pessoa pode enfrentar por conta própria, às vezes você precisa da ajuda de um psicólogo ou sexólogo para restaurar a vida sexual normal.